Foto: Facebook

A universitária Fernanda Costa Beber, 30 anos, foi morta a tiros quando chegava em casa após a faculdade. O crime aconteceu na noite desta quinta-feira (17) no bairro Paraíso, em Cachoeiro de Itapemirim, no Sul do Estado. A estudante de Psicologia foi surpreendida pelo assassino na garagem da casa onde morava de aluguel.

Vizinhos contaram que ouviram gritos de pedido de socorro e que tudo aconteceu rápido. Fernanda morreu no local. O assassino, segundo testemunhas relataram à polícia, teria fugido a pé, por uma escadaria próxima.

De acordo com as primeiras informações da investigação policial, a motivação do crime ainda não foi definida, porém, o crime não tem indícios ser “patrimonial”, uma vez que nenhum pertence da vítima ou da casa dela foi levado.

“Fomos ao local e, em contato com testemunhas e analisando o crime, verificamos que ela entrou com o carro na garagem, ao chegar da faculdade, e um rapaz chegou junto. Eles acabaram brigando e a assassinou a tiros. Não levou nenhum objeto pessoal, então, acredito que a gente descarta, pelo menos por enquanto, crime patrimonial”, disse o delegado de plantão Augusto Garcia.

A jovem morava há pouco mais de um ano no bairro onde também fica localizada a faculdade em que ela estudava. Uma moradora do local, que prefere não se identificar, conta que Fernanda alugou a casa e morava com um rapaz, o que durou alguns meses. Porém, era comum os vizinhos ouvirem as brigas entre o casal.

“Tinha um ano e pouco que veio morar aqui. Perguntei a ela com quem ia morar e ela disse que era ela e um rapaz. Era uma ‘brigaiada’ danada. Um dia ela disse que escondeu uma faca, que ele queria matá-la. Depois da briga, ficava dois, três dias fora”, comentou.

A universitária se formaria no final deste ano. A família é de Estrela do Norte, localidade do interior de Castelo. O pai esteve no local, mas não quis dar entrevista. O corpo foi encaminhado ao Serviço Médico Legal de Cachoeiro.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here