O árbitro Sávio Pereira Sampaio (DF) relatou, na súmula do jogo entre Internacional e Vitória, a expulsão do atacante Neilton, após o apito final da partida realizada no Beira-Rio, que terminou com o revés do Leão por 2 a 1. Pereira diz que foi xingado pelo camisa 10.

“Você é um safado, vai tomar no c… seu ladrão, era isso que você queria seu covarde”, citou na súmula.

O juiz também justificou a expulsão do auxiliar Rodrigo Carpegiani aos 39 minutos do segundo tempo. Pereira afirmou que Rodrigo empurrou o quarto árbitro e proferiu xingamentos.

“Agora ficou escancarado que estão roubando de nós, sempre contra nós seus ladrões, vai tomar no c… de vocês”. Próximo ao vestiário, Rodrigo Carpegiani ainda foi acusado de mais xingamentos. “Ladrão, filha da p…”.

Por fim, Sávio Pereira relatou na súmula xingamentos de Jorge Macedo, gestor de futebol do Vitória. “Seu safado tem que ter coragem para apitar aqui, seu ladrão, já é a segunda vez que você nos prejudica, você é um ladrão”.

Pelo relato da súmula, o trio pode ser denunciado pela Procuradoria do Superior Tribunal de Justiça Deportiva (STJD) no artigo 243-F do Código Brasileiro de Justiça Desportiva. O texto do CBJD fala em “ofender alguém em sua honra, por fato relacionado diretamente ao desporto. “A pena prevista varia de R$ 100 a R$ 100 mil e gancho de quatro a seis partidas. No caso de dirigente, suspensão pelo prazo de quinze a noventa dias.

O árbitro Sávio Pereira Sampaio marcou um pênalti inexistente no revés do Vitória. Ricardo David, presidente da agremiação, informou que já entrou com uma representação na CBF contra o juiz.

Fonte : BahiaNoticias

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here