Após o Governo do Estado revelar que pretende ceder a administração do Estádio Roberto Santos, o famoso Pituaçu, à iniciativa privada, um grupo de Conselheiros do Esporte Clube Bahia solicitou à diretoria que o clube estude a possibilidade de tentar concorrer ao edital para administrar o equipamento.

Nesta solicitação, o grupo de conselheiros sugere que seja contratada uma empresa de consultoria, para que seja estudada a viabilidade econômica e financeira que permita o Bahia avaliar a possibilidade de encontrar um parceiro privado para participar do edital, visando gerir e mandar os seus jogos no Estádio de Pituaçu.

A ideia do governo do estado é fazer com que o equipamento gere receita ao invés de custos com manutenção. Nos últimos 5 anos, o governo da Bahia gastou mais de R$ 2 milhões na manutenção preventiva do estádio.

Fonte: VarelaNoticias

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Digite seu nome aqui