O deputado Julian Lemos (PB), hoje desafeto da família presidencial, foi escalado pelo PSL para representar o partido na comissão parlamentar que investiga a disseminação de fake news.

Ele adiantou à coluna Painel, do jornal Folha de S. Paulo, seu posicionamento. “Eu vou ser imparcial. Ponto final. Serei justo”.

A comissão é um dos maiores focos de preocupação de aliados do presidente Jair Bolsonaro —os filhos dele condenam a investigação.

Fonte: BahiaNoticias

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Digite seu nome aqui