Ainda comemorando o ingresso ao G6 do Campeonato Brasileiro, o Bahia segue com a preparação para o próximo compromisso na competição. No sábado (5), o Esquadrão tenta se manter na zona de classificação à Libertadores diante do Athletico Paranaense, atual campeão da Copa do Brasil.

Em entrevista concedida antes das atividades desta quarta-feira (2), no CT do Fazendão, o volante Gregore comentou sobre a expectativa em rever o polêmico adversário em sua centésima partida com a camisa tricolor. Na temporada passada, o Furacão eliminou o Bahia nas quartas de finais da Copa Sul-Americana, em partida que contou com participações polêmicas do árbitro de vídeo.

“Acho que revanche a gente não pensa muito. A gente tá vindo de uma linha de pensamento muito importante que foi buscar o G6. Conseguimos entrar, temos que lidar bem com isso e manter a concentração para alcançar coisas maiores ainda. Acho que esse ano a gente vai conseguir coisas muito boas ainda”, afirmou.

Com 37 pontos conquistados até o momento, o Esquadrão ocupa a sexta posição da tabela. “Desde quando o professor chegou a meta dele já era essa [entrar no G6], tá conseguindo passar isso pra gente e a gente tá conseguindo isso dentro de campo. Acho que o Bahia hoje, pelo tamanho que é o clube, pelo que vem fazendo, acho que o G6 ainda é pouco”, acrescentou o atleta.

Bahia e Athletico Paranaense se enfrentam a partir das 19h (horário de Brasília) do sábado, na Arena Fonte Nova. A partida é válida pela 23ª rodada do Brasileirão.Ainda comemorando o ingresso ao G6 do Campeonato Brasileiro, o Bahia segue com a preparação para o próximo compromisso na competição. No sábado (5), o Esquadrão tenta se manter na zona de classificação à Libertadores diante do Athletico Paranaense, atual campeão da Copa do Brasil.

Em entrevista concedida antes das atividades desta quarta-feira (2), no CT do Fazendão, o volante Gregore comentou sobre a expectativa em rever o polêmico adversário em sua centésima partida com a camisa tricolor. Na temporada passada, o Furacão eliminou o Bahia nas quartas de finais da Copa Sul-Americana, em partida que contou com participações polêmicas do árbitro de vídeo.

“Acho que revanche a gente não pensa muito. A gente tá vindo de uma linha de pensamento muito importante que foi buscar o G6. Conseguimos entrar, temos que lidar bem com isso e manter a concentração para alcançar coisas maiores ainda. Acho que esse ano a gente vai conseguir coisas muito boas ainda”, afirmou.

Com 37 pontos conquistados até o momento, o Esquadrão ocupa a sexta posição da tabela. “Desde quando o professor chegou a meta dele já era essa [entrar no G6], tá conseguindo passar isso pra gente e a gente tá conseguindo isso dentro de campo. Acho que o Bahia hoje, pelo tamanho que é o clube, pelo que vem fazendo, acho que o G6 ainda é pouco”, acrescentou o atleta.

Bahia e Athletico Paranaense se enfrentam a partir das 19h (horário de Brasília) do sábado, na Arena Fonte Nova. A partida é válida pela 23ª rodada do Brasileirão.

Fonte: VArelaNoticias

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Digite seu nome aqui