A pesar de o PT de São Paulo ter definido um calendário para as prévias internas na eleição à Prefeitura, nada vai seguir adiante sem o aval do ex-presidente Lula. Jilmar Tatto, por exemplo, tem o apoio entre muitos petistas de São Paulo, mas já afirmou que não vai se inscrever antes de consultar Lula.

Informações da coluna Painel da Folha de S.Paulo afirmam que Fernando Haddad é considerado o favorito, mas ele resiste. O deputado Alexandre Padilha também corre por fora. Marta Suplicy será o fiel da balança da escolha. Para os petistas, é preciso consultar com quais nomes a ex-prefeita aceitaria compor uma chapa.

Fonte: BocaoNEws

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Digite seu nome aqui