O Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua – Centro POP, recebeu na manhã desta terça-feira, 17 de dezembro, o projeto UniSocial da Igreja Universal do Reino de Deus – IURD, que realizou junto aos funcionários e assistidos uma ceia de natal marcada por momentos de emoção, cuidados e reaproximação religiosa.

O projeto UniSocial da IURD acontece em todo Brasil e no seguimento referente a população em situação de rua consiste em levar alimentos (marmitas, lanches, etc.), agasalhos e pregação religiosa até este público. Em Teixeira de Freitas o projeto acontece há 7 anos e conta com aproximadamente 20 voluntários que atuam todas as terças-feiras à noite pelas calçadas e praças do município, onde costuma-se encontrar pessoas deitadas ou aglomeradas vivendo em situação de rua.

O Centro Pop e o projeto UniSocial trabalham com o mesmo público e pela primeira vez firmaram uma parceria a fim de proporcionar aos assistidos um momento único neste natal, normalmente não vivenciado por eles por conta da quebra de vínculo familiar existente na maioria dos casos acompanhados pelos serviços.

De acordo com a coordenadora do Centro Pop, Ana Paula dos Santos, o equipamento pertencente a Secretaria Municipal de Assistência Social – Smas, vem firmando parcerias com a sociedade civil organizada, grupos religiosos, universidades/faculdades, colégios e ONGs, a fim de promover ações em benefício dos assistidos com o intuito de proporcionar interação e reinserção dessas pessoas com a sociedade teixeirense.

“Nós temos no equipamento uma equipe fixa de profissionais que trabalham de diferentes formas para atender aos assistidos, mas, ver a sociedade, dando um pouco de atenção para os assistidos é realmente muito gratificante”, disse Ana.

Ainda de acordo com a coordenadora, “os usuários do serviço reagem sempre muito bem quando veem pessoas de fora vindo até eles com boa vontade, solidariedade e carinho, essas atitudes fazem com que eles se sintam acolhidos e amados porque fora daqui, na rua, a população muitas vezes destrata e não os enxerga com igualdade tendo a triste atitude de tratá-los muitas vezes como animais”, declarou Ana Paula.

Segundo o psicólogo técnico de referência do Centro Pop, Luciano Freitas, os assistidos que fazem uso da rua como moradia se encontram em uma situação de extrema vulnerabilidade social, e essas ações, como a ceia promovida pelo UniSocial, impactam muito positivamente na vida deles porque demonstra uma aceitação por parte da sociedade de um público que sofre muitas mazelas.

O Centro Pop é um órgão público federal que oferece atendimentos individuais e coletivos, oficinas, atividades de convívio e socialização, além de ações que incentivem o protagonismo e a participação social das pessoas em situação de rua e funciona como um espaço de referência para o convívio social e o desenvolvimento de relações de solidariedade, afetividade e respeito.

Funciona como ponto de apoio para guarda de pertences, higiene pessoal, alimentação (café da manhã, almoço e lanche) e provisão de documentação, além de informar, orientar sobre os direitos e o acesso a benefícios Socioassistencias durante o dia, não oferecendo o serviço de albergue noturno na cidade.

Fica localizado na Rua da Saudade, 231, Bela Vista e funciona das 7h às 16h e atende nos telefones 3011-2716 ou (073) 99859-9607 e está aberto à doações de roupas masculinas e ação social voluntária.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Digite seu nome aqui