Em transmissão ao vivo nas redes sociais, na noite desta quinta-feira (09), o presidente Jair Bolsonaro voltou a defender o uso da cloroquina a e hidroxicloroquina para tratar pessoas que tenham sido contaminadas pelo novo coronavírus (Covid-19).

“Se você está com uma certa idade e for infectado, tomaria ou não? Minha mãe está com 93 anos. Está na cara que ela vai tomar. Democraticamente, sem problema nenhum. Claro que ela vai consultar o médico. Mas o médico vai ser favorável, tenho certeza”, disse o presidente.

Continuando seu raciocínio, logo em seguida ele alfinetou o ministro da Sáude, Luiz Henrique Mandetta: ” Você tem todo direito de trocar de médico. Tem todo direito. Com todo respeito aos profissionais. Então repito: O médico não abandona o paciente, mas o paciente pode trocar de médico”.

Na última segunda-feira (06), Mandetta, após fortes rumores de demissão da pasta, confirmou que continuaria no cargo dizendo que “médico não abandona paciente”.

Fonte: VarelaNoticias

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Digite seu nome aqui