Após dois meses e meio de paralisação, a Conmebol tem uma estimativa de retorno para suas duas principais competições de clubes, a Libertadores e a Copa Sul-Americana. Em entrevista à “TyC Sports”, uma emissora argentina, o secretário-geral da entidade, Gonzalo Belloso, disse que eles trabalham uma possível volta em setembro.

“Estamos organizando reuniões com todos os governos. O futebol é uma indústria de tantas que estão sofrendo com a pandemia. O problema mais difícil que enfrentamos é a da migração das equipes e os aeroportos. Queremos voltar em setembro a jogar as Copas. De pouco a pouco, vamos tratando de cumprir nosso papel e estamos escutando aos especialistas “, afirmou.

O mandatário ainda falou que a vontade do presidente da Conmebol, Alejandro Domínguez , é que as duas competições terminem em campo, além de não ter seus formatos alterados, com a mesma quantidade de partidas.

Gonzalo Belloso, no entanto, falou sobre a possibilidade dos torneiros serem finalizados em 2021 não é visto como um problema para a Conmebol. “Se tiver que terminar ano que vem, que termine ano que vem. Não há nenhum problema terminar em janeiro. ambém temos que levar em consideração todos os calendários locais para que possam jogar os torneios locais em seus países. Trabalhamos paralelamente com os países para ver o que eles planejam”, ressaltou.

A Libertadores de 2020 foi paralisada após a disputa da segunda rodada da fase de grupos. A Sul-Americana teria sua segunda fase disputada nos dias 20 e 27 de maio. A Conmebol espera a abertura de todas as fronteiras no continente para ter um cenário favorável ao retorno de suas competições.

fonte: VarelaNoticias

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Digite seu nome aqui