O candidato à Prefeitura de Salvador pelo Avante, Pastor Sargento Isidório, participou de uma carreata, na manhã deste domingo (11), no bairro de Águas Claras, onde falou sobre o cancelamento dos debates para o segundo turno das eleições na capital baiana. Para ele, “alguém trabalhou para não permitir os outros debates”.

Ainda segundo ele, não se pode julgar um candidato pela participação dele nos debates. “Não significa que o cara é o mais preparado. Ele pode aprender a falar aquilo tudo e depois, na prática, não fazer nada”, disse. O candidato do Avante ainda cravou: “Quem ganhou aquele debate [da TV Record Itapoan] foi Celsinho”.

Já sobre as pesquisas recentes divulgadas com os números dos primeiro e segundo turnos, Isidório foi categórico: “As pesquisas são lamentavelmente muito duvidosas”, ao se referir ao favoritismo de Bruno Reis, candidato pelo Democratas.

Segurança Pública
Além de pastor, Isidório traz no nome a patente de Sargento e, por isso, afirmou que, para a Segurança Pública, o plano é qualificar a Guarda Municipal. “Melhorar treinamento de tiro, lidar com as pessoas. Vamos inverter essa história de tomar conta de concreto. A gente quer a Guarda Municipal tomando conta de criança no Parque da Cidade, tomando conta da saída de escolas”, disse.

Ainda, segundo ele, a tentativa da gestão é que a Guarda Municipal possa fazer treinamentos com os agentes das polícias Militar, Civil e Federal. “Seria uma parceria em benefício da cidade”, declarou.

Por fim, o postulante ao Thomé de Souza afirmou que não vai banir o tradicional rapa, que atua na fiscalização dos ambulantes de Salvador, mas, sim, organizar a atividade e mudar o nome. “Não vai ter nome de rapa, de ladrão e bandido. Vai agir com serenidade, tranquilidade e sem tomar a mercadoria dos outros, sem furtar, sem bater, sem chutar carro de mão”, concluiu.

Fonte: BocaoNews

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Digite seu nome aqui