Frans Krajcberg (1921-2017), referência no ativismo ecológico, autor de obras que têm como característica o ativismo ambiental e a utilização de elementos da natureza em sua arte. Conhecido mundialmente pelas esculturas criadas com restos de árvores, Krajcberg esteve muito presente nas discussões pela preservação dos ecossistemas ao redor do globo terrestre. Desde 1972, a cidade de Nova Viçosa, no litoral sul da Bahia, tem sido a casa de suas obras, reunindo esculturas a partir de troncos e raízes calcinados. 

Em homenagem ao centenário do nascimento do artista, será realizada em abril deste ano a abertura do projeto “Rota Frans Krajcberg”, com o propósito de percorrer os locais onde o artista/ativista passou, destacando pautas relacionadas ao meio ambiente.

Estiveram dialogando na Base de Conservação e Restauração Ambiental do Programa Arboretum o promotor de Justiça Fábio Correa, a engenheira agrônoma Renata Lopes, o professor Jonathan Molar e por videochamada a jornalista Renata Rocha, fortalecendo a parceria entre o Programa e o projeto “Rota de Frans Krajcberg”.

Em Nova Viçosa, o principal objetivo do projeto é construir um Parque Ecológico, um espaço urbano de preservação de espécies arbóreas da Hileia Baiana com arte e cultura. Em parceria, o Programa Arboretum irá contribuir com a doação de mudas para o plantio, além de todo o levantamento sobre a área e avaliação sobre aspectos ecológicos, tipos de vegetação, clima, solo, tudo para garantir que futuramente essa área seja a concretização de um sonho do Frans, o de “plantar florestas”.

PORTAL SBN | COM INFORMAÇÕES DE ANDRESSA LIMA

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here