Esta semana foi marcada pelo centenário de nascimento do consagrado artista plástico, Frans Krajcberg, nascido na Polonia e naturalizado brasileiro. Krajcberg, em 1972 adotou o município de Nova Viçosa, no Extremo Sul da Bahia, como sua morada, onde permaneceu até o fim de sua vida.

Desde a segunda-feira, 12 de abril, que os amigos de Frans Krajcberg, se uniram para celebrar o centenário de seu nascimento.

Nesta sexta-feira, você pode ver na página do Instagram @Krasjcberg100anos, “O mundo de Krajcberg” que apresenta vídeo mapping novo no Vj Spetto.

Atividades

Para lembrar a data a produtora baiana Jô Queiroz que mora em Montreux, na Suíça, foi uma das mobilizadoras para a realização no Instagram @krajcberg100anos, workshops, oficinas, conferências, debates online e inúmeras atividades de imersão em sua obra.

As atividades, que reuniu diferentes atores: Artistas, educadores e vários ativistas, visaram o reforço a conscientização humanitária, em favor do homem e da natureza através do amor, da vida e obra do artista plástico Frans Krajcberg”, revelou Jô Queiroz.

Nova Viçosa

Em Nova Viçosa, cidade que Frans Krajcberg residiu, temos uma referência muito importante, que é a pessoa do Célio da Farmácia. Célio foi um amigo pessoal do artista e continua sendo um defensor incondicional das causas do Frans krajcberg. Célio nos conta que: “A obra de Frans Krajcberg não é apenas por seus trabalhos artísticos. Sua luta em nome da preservação da natureza, deixou para todos nós em alto e um bom tom uma voz de socorro em favor do meio ambiente”.

Curta Biografia

Frans Krajcberg (Nasceu em Kozienice, Polônia, 1921 – janeiro, 2017).  Escultor, pintor, gravador e fotógrafo. Autor de obras que têm como característica a exploração de elementos da natureza, destaca-se pelo ativismo ecológico, que associa arte e defesa do meio ambiente.

Krajcberg forma-se em engenharia e artes pela Universidade de Leningrado. Mais tarde, ao mudar-se para a Alemanha, ingressa na Academia de Belas Artes de Stuttgart, onde é aluno do pintor alemão Willi Baumeister (1889-1955).

Sua carreira artística se inicia no Brasil, onde chega em 1948, procurando reconstruir a vida depois de perder toda a família em um campo de concentração durante a Segunda Guerra Mundial (1939-1945).

Em 1972, passa a residir em Nova Viçosa, litoral extremo-sul da Bahia. Amplia o trabalho com escultura, iniciado em Minas Gerais. Intervém em troncos e raízes, entendendo-os como desenhos no espaço. Essas esculturas fixam-se no solo ou buscam libertar-se, direcionando-se para o alto. A partir de 1978, atua como ecologista, luta que assume caráter de denúncia em seus trabalhos:

Fonte/guiadasartes.com.br/frans-krajcberg/biografia

Por: Cleuber Rios / MTB-4805

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here